A autora - uma druidesa moderna de alma antiga

Bandrui de Gergóvia

Nascida Eliziane Paiva em 1966, venceu seu primeiro concurso literário em 1982, quando ainda cursava o 2º grau técnico de Tradutor e Intérprete. Estudou Comunicação Social (graduação), Relações Internacionais e História (pós-graduação especialização). 


Trabalha como professora de idiomas e tradutora, já tendo traduzido livros na área de História. É palestrante convidada de Mitologia Celta para a Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica (SBPA).

Druidesa  e pesquisadora de mitologia celta desde 1986, tem realizado palestras e workshops por todo o Brasil em eventos religiosos, inter-religiosos e acadêmicos. 


No ano 2000, adotou o nome religioso de Bandrui, palavra gaélica que significa “mulher druida” (ban = mulher; drui = druida).

Realiza casamentos e outros ritos druídicos como parte de seu sacerdócio desde 2004, quando fundou a Gergóvia Escola de Druidismo e Cultura Celta no RJ. 


Nas horas vagas, dedica-se ao estudo de plantas e a trabalho voluntário na Floresta da Tijuca.